Documento sem título
Documento sem título
  
  
  
  
  
  
  Monarquia
Tire suas dúvidas
Símbolos
Núcleos Municipais
Uniformes Militares
  Agência Monárquica
Notícias
Artigos históricos
Artigos políticos
Agenda monárquica
Colunas
Aniversários
  Biblioteca
Documentos
Livros
Vídeos

 

 

Documento sem título



Notícias

Documentos sobre as viagens de d. Pedro II viram patrimônio da humanidade

Publicado em: 03/07/2013

Museu Imperial

D. Pedro II adorava viajar. Em um de seus diários pessoais, ele admite: preferia que seu pai continuasse imperador para que pudesse se dedicar mais às suas viagens. Mas, mesmo assumindo o trono ainda menino, o imperador conseguiu realizar seu desejo: percorreu o Brasil e o mundo ao longo de seus 49 anos de governo.
 
Todas essas viagens deixaram uma enorme variedade de registros documentais, que acabam de ser inseridos no registro internacional do Programa Memória do Mundo, da Unesco. A titulação é equivalente à de Patrimônio da Humanidade, sendo esta última concedida a monumentos e cidades, enquanto o Programa Memória do Mundo premia documentos.
 
A documentação premiada pertence ao Arquivo Histórico do Museu Imperial (Ibram/MinC), localizado em Petrópolis/RJ, e está reunida no Conjunto documental relativo às viagens do imperador d. Pedro II pelo Brasil e pelo mundo, que possui 2.210 documentos. O conjunto reúne diários pessoais, desenhos feitos pelo próprio imperador, cadernetas, correspondências, registros de visitas, relatórios de despesas, jornais, homenagens e convites.

Os documentos textuais e iconográficos permitem, principalmente a partir das impressões pessoais de d. Pedro II, traçar um painel sobre o século XIX e suas transformações, revelando aspectos da evolução do pensamento, das descobertas científicas, da diversidade cultural e das paixões políticas, permitindo a análise das relações diplomáticas entre o Brasil e países de diferentes continentes.
 
Em dezembro de 2010, o conjunto já havia recebido a diplomação do Registro Nacional do Programa Memória do Mundo, reconhecendo sua importância como patrimônio nacional. Na ocasião, era formado por 870 documentos, que foram identificados por meio de seu inventário.
 
A partir de então, a equipe do Museu realizou um intenso trabalho de pesquisa, lendo cerca de 40 mil documentos para identificar outros que também dissessem respeito às viagens do imperador, mesmo que não estivessem classificados como tal no inventário. Assim, o conjunto chegou a mais de dois mil registros. Nesse processo, os pesquisadores identificaram documentos inéditos, como uma parte de um dos diários que se acreditava estar perdida e que, na verdade, estava classificada erroneamente como correspondência.
 
Com a nominação, o Museu Imperial planeja a publicação de produtos comemorativos, como uma reedição revista e ampliada dos diários (publicados em 1999 pelo Museu com organização da historiadora Begonha Bediaga) e catálogos, além da realização de uma exposição itinerante sobre as viagens de d. Pedro II.
 
Sobre o Programa Memória do Mundo
 
O Programa Memória do Mundo foi criado pela Unesco, em 1992, devido à consciência crescente do lamentável estado de conservação do patrimônio documental e do deficiente acesso em diferentes partes do mundo. O objetivo é dar maior visibilidade a esses documentos e despertar a consciência coletiva sobre a importância de sua preservação.
 
O programa é composto por três registros – nacional, regional e internacional –, concedidos de acordo com a abrangência da importância da documentação. Todos os registros são equivalentes, para documentos, ao título de Patrimônio da Humanidade, que é concedido pela Unesco a patrimônios arquitetônicos.
 
O Museu Imperial foi agraciado com o registro nacional em 2010, concedido ao conjunto documental sobre as viagens de d. Pedro II, e em 2011, com a Coleção Carlos Gomes. Em 2012, além da nominação no registro internacional dos documentos sobre as viagens do imperador, o Museu concorre, em conjunto com outras instituições, ao registro regional (América Latina e Caribe) para a documentação sobre a Guerra do Paraguai.


Documento sem título

 
www.setor3consultoria.com.br
by Orbitaltec