Documento sem título
Documento sem título
  
  
  
  
  
  
  
  Monarquia
Tire suas dúvidas
Símbolos
Núcleos Municipais
Uniformes Militares

 

 

Documento sem título



Colunas

População está refém da violência e da corrupção

Publicado em: 15/09/2011

Comendador Antonyo da Cruz
Presidente do IBI


Vai Presidente, vem Presidente e o Brasil e a qualidade de vida vão de mal a pior. Os ministros nomeados pelos presidentes que por sua vez nomeiam o segundo escalão, que nomeiam o terceiro escalão, e a corrupção cresce uma rede incontrolável.

As instituições como transportes, saúde, educação, infraestrutura não tem dinheiro para aplicar em estradas, metrôs, aeroportos, portos, hospitais, renumeração de médicos, procedimentos, hospitais, renumeração e segurança dos professores, qualidade de ensino, canalização de esgoto que corre a céu aberto e geração de empregos.

Os vícios da corrupção são sempre os mesmos. Só neste ano, cinco ministros já caíram por desvios em seus ministérios ou por enriquecimento ilícito: primeiro foi Casa Civil que não consegui explicar a sua repentina fortuna, o dinheiro caiu do céu e só no bolso dele. O segundo foi o do Transportes, palco de escândalo em todas as repartições do ministério, primeiro, segundo e terceiro escalão, com todos os níveis contaminados, O terceiro é o Ministério da Defesa até agora mistério de como aconteceu. O Turismo foi o quarto e o quinto é da Agricultura.

Não podemos esquecer o escândalo dos anões do orçamento, do mensalão, do governo de Brasília, e uma lista sem fim que você conhece bem.

E a segurança onde está? Não pretendemos um policial em cada quarteirão e sim ação do governo para criar inserção social de verdade; de nada adianta dar o bolsa família sem promover um acompanhamento de todos na família: pai, mãe, filhos, genros e noras. Todos precisam passar por sociabilização.
O ECA, que completou no mês de julho 21 anos de criação, trouxe de fato a proteção à criança e ao adolescente, mas parou por ai.

Um infrator com menos de 12 anos é preso e devolvido aos pais, que não tem estrutura  financeira nem escolaridade e cultura para orientar os filhos. Em alguns casos são eles próprios que incentivam os filhos ao crime.
Acima de 12 anos vai para a FEBEM, agora batizada de Fundação Casa, e qual a socialibilização que tem nessa casa? Não tem ensino fundamental, não tem ensino médio, não tem ensino profissionalizante. O único ensino que tem lá é a faculdade do crime. Todos saem formados e o curso é dado pelos próprios internos.

E as cadeias, as penitenciárias, verdadeiros depósitos de seres humanos. Lugar de bandido é na cadeia, não interessa se tem colarinho branco ou usa tatuagem, o que importa é que o prisioneiro tem de passar por sociabilização, porque não termos indústrias dentro dos presídios? Sim o presidio pode ser uma entidade privada e o prisioneiro ser selecionado pelo grau de periculosidade, e contar com escola de ensino fundamental, médio e profissionalizante, trabalho para todos e ainda com acompanhamento psicológico  e terapia. Aí sim o prisioneiro tem a oportunidade se se preparar para uma vida em sociedade.

Bem, até agora isso é só um sonho, não apareceu até hoje pelo menos no continente americano nenhum governante que leve isso a sério, até agora todos discursaram maravilhosamente sobre o assunto, mas nenhum se dispôs a mover uma palha pra resolver a situação.

Mas esse sonho pode se tornar realidade basta o monarquista e não monarquista se unir em torno de uma grande causa, rever os poderes que hoje estão na mão do presidente da república. Ele é único e soberano, no passado tínhamos os reis absolutistas e hoje absolutistas são os presidentes da república que se escondem atrás da máscara democrática.
Podemos sim levar o nosso país a uma condição invejável de primeiro mundo, sem precisar mascarar nossa situação internacional, Estamos entre as 10 primeiras economias e de acordo com dados divulgados em novembro de 2010 pela ONU, o Brasil apresenta IDH de 0,699,, atualmente ocupa o 73° lugar no ranking mundial na escolaridade e renda, é ou não é mascarar a realidade.

O Instituto Brasil Imperial conclama a todos brasileiros e brasileiras a se unirem a nós por um Brasil de respeito. Acesse e faça seu cadastro  www.brasilimperial.org.br, e escreva para nós (presidencia@brasi limperial.org .br)


Documento sem título

 
www.setor3consultoria.com.br
by Orbitaltec